PARI PASSU

O acompanhamento, a par e passo, da vida nas Ilhas dos Açores, desde a economia e política até à cultura e religião.

28.3.07

Intervenção na Caloura

De facto não descansam enquanto não destruirem a Caloura, com obras absurdas, irrealistas e injustificáveis. Um cais acostável, numa pequena e estreita baía?Uma pequena praia? É triste esta tendência para a betonização. Tem agora uma palavra, também, a associação cívica Caloura Viva.

1 Comments:

At 12:35 da tarde, Anonymous mpereira said...

Boa Sorte. Na Graciosa quase toda a população participou num abaixo-assinado, e o resultado foi a destruição de uma linda praia, por causa de meia dúzia de marítimos, é só betão. No caso não faltavam alternativas, mas as vistas são curtas, para não lhes chamar outra coisa.

 

Enviar um comentário

<< Home