PARI PASSU

O acompanhamento, a par e passo, da vida nas Ilhas dos Açores, desde a economia e política até à cultura e religião.

15.11.05

O novo armador



Sim prepara-se para entrar no mercado de transporte de passageiros um novo armador, o Governo Regional dos Açores, através de uma empresa pública (mais uma!) denominada de Atlânticoline, detida a 100% pela Portos dos Açores SGPS que por sua vez é detida a 100% pela Região Autónoma dos Açores. Uma incursão inesperada e desnecessária do Estado (governo regional) no mercado, na economia dos Açores.
Não bastava já o Estado (serviços da república, governo regional e autarquias) ser monstruoso nos Açores: responsável por 50% do PIB e empregando 25% da população activa. É um Estado omnipresente, intervencionista e laxista. E assim forma uma teia enorme e pegajosa que é muito dificil romper. Tudo gira à volta do governo e das autarquias, e agora acrescidos das novas empresas públicas e das novas empresas municipais. Vivemos numa economia débil, pequena e intervencionada. E por isso temos uma sociedade civil dependente e permanentemente de mão estendida para o subsídio.
E agora vira a armador, constroi 4 barcos, investe 50 milhões dos nossos impostos, para mais tarde entregar à iniciativa privada para explorar. Então porquê investir 50 milhões e construir 4 barcos? E porque não elaborar um carderno de encargos exigente e rigoroso e lançar um concurso internacional para o serviço de transporte de passageiros inter-ilhas? Porquê investir 50 milhões, agora e de uma vez, se podia pagar 2-3 milhões por ano por este serviço público prestado por privados? Vamos lá compreender esta gestão dos dinheiros públicos!



Posted by Picasa

7 Comments:

At 3:26 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Minnesota Governor Tim Pawlenty (left) leads a state delegation to...
Two Minnesota state agencies have created a web site that allows students and teachers across Minnesota and the nation to follow the progress of seven student ambassadors who are in China this week as part of a ...
Find out how to buy and sell anything, like things related to georgia highway construction on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like georgia highway construction!

 
At 3:49 da tarde, Anonymous Anónimo said...

The unblogged enigma
With the recent addition of blogging, it has come to light that marketing research left a hole.
Find out how to buy and sell anything, like things related to road construction of pa on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like road construction of pa!

 
At 4:25 da tarde, Blogger what? said...

está tudo dito!

 
At 8:41 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Porque antes de falar é preciso conhecer os pormenores da coisa.

Será que existem no mercado barcos preparados para as nossas características de mar? dos nossos portos? do nosso numero de passageiros? etc, etc.

Eu tenho duvidas.

 
At 5:39 da tarde, Blogger Nuno Barata said...

Eu não tenho dúvidas a esse respeito, tenho certezes. O transporte maritimo de passageiros inter-ilhas é um capricho.

PS: Com excepção para as Ilhas do triângulo onde alé de ser possivel é um hábito enraizado.

 
At 8:49 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Então Sr. Foguetabraze, Explique-se.

Quais são as vossas certezas? Gostaria muito de as conhecer, não no aspecto político que este (O seu)eu já conheço mas sim nos aspectos técnicos.

Tenho conversado muito com grandes técnicos na matéria quer portugueses quer estrangeiros meus amigos de longa data e os problemas são exactamente aqueles que eununciei e que só se resolve com navios construidos de raiz à semelhança da madeira e canárias em que os tipos de barcos são completamente diferentes devido não só ao tipo de mar mas igualmente ao tipo de portos e á fraca circulação de pessoas no inverno.

Por favor diga de sua justiça.

 
At 9:13 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Sr Foguetabraze,


Afinal chego à conclusão que as Vossas certezas não existem pois já se passaram vários dias e quanto a respostas nada.

 

Enviar um comentário

<< Home