PARI PASSU

O acompanhamento, a par e passo, da vida nas Ilhas dos Açores, desde a economia e política até à cultura e religião.

27.2.07

A divergência dos Açores

Segundo o Eurostat, os valores recalculados (em paridade de poder de compra) para a União Europeia (UE) já a 27 países, indicam claramente a divergência económica dos Açores:

Capitação PIB Açores 2002: 71,3% média da UE

Capitação PIB Açores 2003: 66,9% média da UE

Capitação PIB Açores 2004: 65,9% média da UE

Se tivermos em atenção que o cálculo tem já a Bulgária e a Roménia, que vieram baixar ainda mais a média da UE após o alargamento a leste, a situação comparativa dos Açoes ainda é bem pior.
Será que a máquina política do poder regional consegue desmentir estes números do Eurostat?
Muito dinheiro tem entrado nesta Região mas o resultado em termos de criação de riqueza é muito fraco. Como que se esvaiem os fundos aqui aplicados!

4 Comments:

At 9:28 da tarde, Blogger JBC said...

E não deixa de ser interessante que em 1996 era de 60.8 (europa dos 12) e agora a 25 com essa circunstância dos novos Estados(pobre - veja-se a Bulgaria com 33.2), passamos para 65.9. Um sucesso portanto!!!

 
At 9:43 da manhã, Anonymous Luis Anselmo said...

Para os mundos e fundos que para cá vieram como nunca antes não é sucesso.

 
At 1:17 da tarde, Blogger JBC said...

Tal qual... daí a minha ironia.

 
At 12:41 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Tendência aliás de todo o País incluindo o falso paraíso da Madeira onde se descontar os 23% do Centro Int de Negócios do Funchal (cuja "vantagem" parece ser a exclusão da Madeira das Regiões obj 1...)teremos 67% o que é muito pouco para quem só tem duas ilhas, ou então tb é preciso medir este falso sucesso com rigor!

 

Enviar um comentário

<< Home